segunda-feira, novembro 20, 2006

Vamos citar

«A tendência das democracias, em todas as coisas, é para a mediocridade.»

(James Fenimore Cooper)

9 Comentários:

Anonymous Anónimo said...

Meu Caro Vítor Abreu: As democracias - se funcionarem - são representativas da vitória da mediocridade, pois eliminam ambos os extremos ou franjas de uma distribuição gaussiana da população: os muito bons e os muito maus, elegendo sempre a massa dos medíocres. Isto em termos matemáticos, claro...

Mas, tal como são estruturadas, são instáveis, e resvalam quase sempre para dois extremos: o caos ou a tirania. Por isso mesmo, Platão, na sua República, classificava a democracia como o segundo PIOR sistema possível. Pior mesmo só a já citada tirania.

Deus nos livre dos «democratas» ferrenhos!

Abraço.

1:02 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

O autor de O Último dos Moicanos acaba de subir uns valentes pontos na minha consideração.

1:27 da manhã  
Blogger ab said...

Estou contente por ver que este blog tem uma grande vertente humorística.

9:59 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

«A tendência dos totalitarismos, em todas as coisas, é para a iniquidade.»

(Zé Manel)

9:21 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Como se a democracia não fosse um totalitarismo disfarçado, o das massas.

11:21 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Parece que o Zé Manel pensa que tirania e totalitarismo são muito diferentes... E que a «democracia» é um paraíso de passarinhos a cantar.

O BB tem toda a razão.

9:40 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Em boa verdade, a tendência dos autoritarismos talvez não seja a iniquidade: antes será a perpetuação da "massa dos medíocres", sem nada fazer contra essa mediocridade que não aproveitar-se dela para auto-alimentar a sua "grandeza."
Se a democracia não fizer algo contra essa mediocridade, apagar-se-á, claro, regressando à tirania e ao totalitarismo (qual é a diferença?)

3:58 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Não digam que a conversa arrefeceu quando se começava a fazer a necessária higiene à volta do inefável casal NP,das fabulosas aventuras africanas,das subvenções oficiais via governos e personalidades socialistas, and so on...

12:54 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Já agora,dos depósitos e investimentos no Brasil

12:59 da manhã  

Publicar um comentário

<< Home