terça-feira, junho 03, 2008

A verdade punida

Brigitte Bardot foi hoje (pela quinta vez) multada por "incitar ao ódio racial". A coima de 15 mil euros pune as afirmações contidas numa carta publicada no site da actriz, em que se lê que os muçulmanos "estão a destruir" a França "ao imporem os seus costumes", no caso, pelo abate de animais de forma desumana e contrária à lei francesa, para uma celebração religiosa. Ou seja: em França, dizer a verdade dá direito a multa, e pesada. Pormenor: a carta foi escrita e enviada em Dezembro de 2006 ao então ministro do Interior francês, um tal Nicolas Sarkozy.

2 Comentários:

Anonymous Ricardo Zenner said...

O problema da Bardot não foram os muçulmanos... É que a judiaria, para cozinhar os seus horrendos pratos kosher, tem de sacrificar os animais num ritual bárbaro e sangrento, que em nada fica a dever aos sacrifícios dos Aztecas (sacrifícios esses a que Cortez pôs termo, horrorizado, à espada...). Ora como o Sarkô é judeu...

3:29 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Ou isso...

10:00 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home