quarta-feira, agosto 27, 2008

Onda de insegurança?

Não se preocupem... Lembram-se do arrastão? Em breve esta fantasia será desmentida num jornal em fim de vida, num filme de uma jornalista desempregada, ou algo do género.

Ironias à parte, perante a gravidade da situação actual, o ministro da Administração Interna, apesar de tentar disfarçar afirmando que se tratam de "casos isolados", anunciou a criação de "unidades especiais" para combater o crime violento e até vozes da extrema-esquerda questionam a "ausência de uma política de segurança", tão acarinhada nesses meios onde os criminosos não passam de "bons selvagens" vítimas da sociedade.

3 Comentários:

Anonymous Patriota said...

Qual onda? Qual insegurança? Vocês são mas é saudosistas do Estado Novo, estão com saudades do tempo em que a criminalidade era combatida e quase não existia? Seus fascistas!

8:58 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Mais armas para o povo, agora é a sério!

10:31 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Queriam segurança, ai sim?
Isso é coisa de burgueses.

Carmelida Pereira

6:54 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home