quarta-feira, junho 11, 2008

Dia da Raça



O Presidente da República sublinhou ontem, "acima de tudo, a Raça, o Dia da Raça". As esquerdas extremas pedem "explicações", as direitinhas desvalorizam o "lapso". O pior é que, com a actual crise a agravar-se — e se o tranquilizante social que é o futebol não funcionar logo à tarde —, o que não se pode mesmo dizer, nem é um lapso, é que "lá vamos, cantando e rindo"...

1 Comentários:

Anonymous josafá said...

Ui que vez aí o fascismo! hehehee! Agora a sério, até que foi bom voltar a ouvir isto.

8:22 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home