segunda-feira, junho 30, 2008

O profeta do petróleo (e do aquecimento global)


Como já não existissem suficientes motivos de riso neste país de opereta manhosa, eis que amanhã, dia 1 de Julho, o jornalista "de referência" e romancista best-seller José Rodrigues dos Santos, vai discursar na Sala do Senado da Assembleia da República sobre a crise energética e o fim do petróleo, "questão central do seu romance O Sétimo Selo", informa enfaticamente a Gradiva, editora do dito. E mais diz: no livro em questão, "que transformou-se já no principal guia dos portugueses para os problemas do fim do petróleo e das alterações climáticas" - não saiam de casa para meter gasolina ou ir à praia bronzear-se sem ele! -, Rodrigues dos Santos, qual professor Bambo do mercado petrolífero, "previa o fim da era do petróleo barato e a iminência do pico de produção meses antes do preço do crude disparar nos mercados internacionais, e dá pistas sobre o que ainda vem aí". Mais informa a Gradiva, que no painel de Rodrigues dos Santos irão ainda intervir, nada menos do que "o ministro da Economia, Manuel Pinho, e o presidente da GALP, Ferreira de Oliveira, para além de Morgan McSwiney, do Conselho Europeu". Depois de ter feito as previsões referidas e esclarecido a Assembleia da República, José Rodrigues dos Santos irá negociar a paz no Médio Oriente, resolver o problema do aquecimento global e treinar a selecção nacional de futebol, que prevê levar à vitória no Mundial de 2010. E o que mais ainda vier aí!

3 Comentários:

Anonymous Anónimo said...

psst:

http://dn.sapo.pt/2008/07/01/cidades/tiros_vale_amoreira_se_confundem_fog.html

5:06 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Isto não é um país, é um circo onde mandam os palhaços.

9:41 da tarde  
Blogger pedras contra canhões said...

e nem imaginam a figura ridícula que o homem fez.
É, no entanto importante clarificar que o Sr. Jose R. dos Santos não foi convidado para discursar mas, isso sim, para moderar o primeiro painel. (relembro que a Conferência juntava peritos de diversos pontos do globo e neles obviamente não se incluia o JRS) Qual não é o meu espanto quando o Sr JRS se arvora em perito perante uma plateia de verdadeiros peritos e desfere um rude golpe na plateia: um discurso absolutamente ridículo com algumas dezenas de minutos que, além de entediar muitos dos presentes, fez de todos autênticos anormais como se estivesse a explicar física elementar a crianças - ainda por cima, ensinando mal.

8:35 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home