terça-feira, outubro 23, 2007

Humor africano

Dos jornais: "Joaquim Chissano ganha prémio de 5 milhões de dólares por 'excelência na governação' de Moçambique". Já a seguir, um prémio humanitário para Nino Vieira e um anti-corrupção para José Eduardo dos Santos.

5 Comentários:

Anonymous my said...

E depois queixam-se que África está na situação catastrófica em que se encontra!

8:27 da tarde  
Anonymous Lachmann said...

O prémio de "governance" atribuído ao insigne estadista deve-se, seguramente:

-ao palmarés obtido por Moçambique, durante o consulado de Chiçano, como um dos Estados mais pobres do Mundo;
- aos oitenta prisioneiros da RENAMO e de outros partidos da oposição que foram empilhados e mortos por asfixia, pela polícia, num tugúrio da Beira, após protestos públicos derivados da última fraude eleitoral;

- e do envolvimento de descendentes de Chiçano em esquadrões da morte que liquidaram jornalistas, a tiros de canhangulo.

Bravo, para o galardoado!

E ainda temos de aturar o racista James Watson que diz que os africanos têm capacidades intelectuais inferiores às demais etnias. Ignorante! Em boa hora, este muito oportuno Nobel para os Wogo Jumbie Cortadores de Cabeças encarregou-se de desmentir esse pseudo-cientista de ópera cómica, e mostrar que em África há melhor "governança" do que no burgo colonial europeu.

Tá-se Bem!

9:05 da tarde  
Anonymous lachmann said...

Parece que o premiado se chama Chissano e não Chiçano.

Fica feita a correcção à iterjeição que transformei em nome próprio.

10:09 da tarde  
Anonymous lachmann said...

interjeição, irra ! Nunca se deve escrever sob o efeito da fúria.

10:10 da tarde  
Anonymous Sebastião Lenine Américo Thomaz Magwene said...

Pá, lachmann, pá, essas tua intervenção configuras, pá, uma átitudi claramente racista, pá, que se estivesses no Maputo, pá, livavas com uns tiro de canhangulo siguidos de asfixia que tira os rispirassão, pá! Não istá curreto, pá!

10:46 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home