segunda-feira, dezembro 03, 2007

Referendo na Venezuela

Os eleitores venezuelanos não só derrotaram Hugo Chávez, como ganharam ao 'Público'. O esquerdíssimo diário "de referência" estava com tanta vontade que o iluminado lateiro socialista ganhasse, que até lhe deu a vitória hoje em manchete.

6 Comentários:

Anonymous fialho said...

Eu não comprou o pasquim do Belmiro - livra! - mas fartei-me de rir quando passei de manhãna banca de jornais.

7:45 da tarde  
Anonymous lachmann said...

Bem razão tinham os "Pais Fundadores" da Constituição Americana quando alertavam para o perigo das tiranias maioritárias que,sintomaticamente, mergulharam anos depois a França Revolucionária no terror.

A Venezuela tem assistido a um fenómeno semelhante, liderado por um Robespierre cucaracha que à frente dos descamisados das "barriadas" e "ranchos", brinca a uma Cuba Continental.

Não sei se a derrota de que foi alvo terá sido bastante para o parar. Quiçá, a mesma tenha feito nascer com o movimento de estudantes, uma oposição mais consistente da que era protagonizada até agora por um punhado de políticos do antigamente, comerciantes grossistas e generais alcazar. Quiçá alguns dos seus aliados, como o "cholo" Morales da Bolívia, comecem a rebentar. Quiçá as forças armadas bolivarianas comecem a abrir fissuras.

Todavia, o homem não desiste facilmente e tem reservas de gordura revolucionária ( e de petróleo) para gastar.

Preferível teria sido, à boa maneira sul-americana, terem-no fuzilado,quando tentou os seus golpes de estado fracassados. À falta de melhor e, pese o meu republicanismo, proponho uma saúde com "Jerez de la Frontera" ao Rei de Espanha que, contrariamente à maricagem dos Socrates e Zapateros, foi o único que teve a coragem de lhe por de frente as banderilhas, tendo a frase "por que no te callas" figurado sintomaticamente nas T shirts de muitos milhares de venezuelanos.

2:57 da tarde  
Anonymous astray said...

A coragem do Rei "troca-tintas" resumiu-se a um trinta e um de boca com um tiranete limpa pias.

Viva Franco

5:16 da tarde  
Anonymous astolfo said...

Hoder! Lachmann, eres cojonudo, tio! Muerte a Chávez, viva Venezuela libre sin socialismo!

7:53 da tarde  
Blogger Vitório Rosário Cardoso said...

O Mr. Danger, tentará concerteza uma segunda e fulminante investida, ou é antes do tempo deposto ou vai haver sangue.
Só pelos comportamentos do referendo sobre o Aborto e daquele que supostamente devia ter-se realizado (conforme prometido pelos súcias) sobre o futuro da questão Ultramarina podemos perceber como funciona a sinistra.

10:03 da tarde  
Anonymous lachmann said...

Apesar de tudo, o JM Fernandes já se penitenciou da manchete errada ou tendenciosa posta pela "formiga vermelha" local, em dois pungentes editoriais

12:30 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home