sábado, janeiro 27, 2007

Ó da guarda!


Chocadíssima com a revelação, feita pela sua camarada Helena Pinto, de que o Blogue do Não estava a dar voz a "blogues nazis", Leopoldina Cascagrossa, militante de base do Bloco de Esquerda, percorreu ontem as ruas de Lisboa no seu potente automóvel, gritando a quem a queria ouvir: "Não dêem voz à extrema-direita! Cortem-lhe a língua! Arranquem-lhe as cordas vocais! Ó da guarda! Os nazi-fascistas! Eles defendem o Holocausto! O genocídio dos arménios! O massacre das focas no Alasca! O suicídio dos lémingues! Protejam a vida! Votem sim no referendo do aborto!". A alterada bloquista acabou por esmagar o seu bólide contra uma parede do Estádio do Restelo, julgando ver uma cruz gamada na Cruz de Cristo de "Os Belenenses".

6 Comentários:

Anonymous artur said...

Genial! Leopoldina Cascagrossa, hahahaha! O humor é mesmo a melhor arma contra essa gentalha.

11:28 da manhã  
Blogger nonas said...

Hahahahahahahahah!!!!!!!!!!

6:17 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

E é linda, a Leopoldina! Excelente, hahahahahahaha!!!!

6:32 da tarde  
Blogger EURO-ULTRAMARINO said...

Poucas coisas dão mais prazer na vida do que ver a esquerdalhada raivosa a espumar ódio pela boca. Lancem-lhe um discreto sorriso enquanto esbravejam como alucinados que são e disfrutem do momento. Uma delícia.

9:43 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Ahahahah, a Leoploldina tinha muito mais graça quando novita andav a meter piça no Cais do Sdré, ahahahah
Agora, vaca velha anda a chupar piças de guardas nocturnos, ahahahah
Para tal destino mais valia a sua mãezinha que também era uma toura, ter desmanchado tal aborto, ahahahah

11:13 da tarde  
Anonymous bb said...

Muito bom e muito certeiro, parabéns, vale mil discursos indignados.

12:51 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home