terça-feira, janeiro 22, 2008

Entretanto, em Gaza...


No meio das discussões sobre a lei anti-tabaco e dos trambolhões das bolsas mundiais, convém não esquecer a política de extermínio (este autêntico) que os ocupantes da Palestina continuam a levar a cabo, impunemente, na Faixa de Gaza.

21 Comentários:

Anonymous Anónimo said...

Acho bem que os israelitas se defendam dessa corja muçulmana.
A maior ameaça para a civilização ocidental vem do islão

2:21 da manhã  
Anonymous Zé Paulo said...

Os bárbaros do costume fazem as barbaridades do costume e continuam a fingir que são uns coitadinhos e que até foram «exterminados». E a conversa continua a pegar.

12:16 da tarde  
Anonymous Piaçá said...

Até parece que os muçulmanos são uns santinhos...

12:54 da tarde  
Anonymous anti-sionista said...

Israel, o cancro do Médio Oriente que contamina o resto do mundo.

1:31 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

E o ghajo da pouca-saude (e não fuma) que disse que PLATÃO TINHA SIDO UM LIBERAL!
AHAHAHAHAH!
Estamos entregues à bixarada.

4:37 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Coitadinhos ... É comovente a luta do povo» palestino! Principalmente quando deliberadamente e sem provocação bombardeiam com katyuskas as cidades israelitas... Só cá faz falta aquele grande slogan de aqueles rapazinhos do acime/tir "O POVO ESTÁ COM O HEZBOLLAH/HAMAS"!

7:03 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Ò anónimo: então não sabe que os palestinianos estão a continuar o trabalho que o Heydrich não conseguiu acabar?

9:11 da tarde  
Anonymous Palestina livre said...

Os judeus cercaram-nos, meteram-nos num gueto, cortam-lhes tudo, desde a livre circulação para trabalharem, irem à escola, terem assistência médica, privam-nos de combustível, comida, água electricidade e bem essenciais, ameaçam-lhes a existência e ainda querem que eles não mandem uns míseros rockets e «ameixas» na direcção de Israel? Livra!

12:18 da manhã  
Anonymous Veliberalino said...

Entretanto, no Sudão, há alguns anos que o regime racista islâmico leva a cabo um genocídio sobre as populações negras do Darfur: estas vivem no deserto sem electricidade, sem água, sem casas, sem alimentos à mercê dos militares ou das milícias islâmicas.
Mas a comunicação social, no seu afã humanista, esquece criminosamente este genocídio que já provocou mais de 200 mil mortos e 2,5 milhões de refugiados.
A explicação pode estar na perspectiva Goebbeliana de propaganda anti-Israel(Judeus); os negros do Darfur não são massacrados por Judeus, mas sim por muçulmanos!

Sobre o genocídio bárbaro esquecido no Darfur pode- se consultar http://www.pordarfur.org/

2:20 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Piaçá disse...
Até parece que os muçulmanos são uns santinhos...

12:54 PM
_______
Esta é a MELHOR!!!...

Um Judeu com o nome "Piaçá"!
Ah! Ah! Ah! É o MÁXIMO...

6:50 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Durante meses utilizei o nick "Palestina Livre".
Hoje Alguém o utilizou.
Caro PL, deixe-me dizer-Lhe que é uma Honra ler o que escreveu.
Concordo Consigo totalmente!

Viva a Palestina!
Viva o Povo Palestinianao!

6:52 da tarde  
Anonymous palestina livre 2 said...

Desculpe lá ó anónimo das 6:52, mas se usar o meu nome tenho problemas no trabalho, já que exerço funções ligadas à diplomacia, e o nick pareceu-me apropriado. E acompanho-o nos seus vivas, pois claro.

9:12 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Ilustre Palestina Livra "2".

Com já afirmei, foi uma Honra ter utilizado este nickname.
E, por favor, continue!
Há um blogue que também tem escrito sobre este problema.
O indivíduo também apoia a Causa Palestiniana.
É:

http://avozportalegrense.blogspot.com/2008/01/crnica-de-nenhures_22.html

Cumprimentos.

12:45 da tarde  
Anonymous palestina livre 2 said...

Obrigado. Cumprimentos. Viva a Palestina livre e abaixo o sionismo e os seus aliados!

4:40 da tarde  
Anonymous ATENÇÃO!!! said...

http://reverentia-lusa.blogspot.com/2008/01/salazar-era-judeu.html

5:57 da tarde  
Anonymous nuno granja said...

Não sendo nem de perto nem de longe alguem com simpatias pelos muculmanos e por exemplo, vivendo preocupado com situações como a que se vive na Holanda em que estes fazem o que querem (matam cineastas, policias, pegam fogo a carros e agridem os bombeiros, etc etc ), enquanto o governo mostra medo e tira a liberdade de expressão a quem os crítica...

No conflito Israelo-Palestiniano, apesar de em 1948 terem sido os arabes a criar os primeiros problemas, Israel desde a guerra dos 6 dias tem sido cada vez mais a origem do problema e nos ultimos 20 anos tem semeado o que esta a colher.
Não pode esperar que os palestinianos vivam roubados humilhados e pratiquem relações de boa vizinhança.

Julgo que assim com Portugal no início dos anos 70 já não podia resolver o problema da guerra colonial a bem, Israel desde os anos sessenta a cada dia que passa afasta-se de uma eventual solução pacifica que a meu há muito tempo deixou de ser possivel, pois é muita geração de palestiniano massacrado em todos os sentidos.
Nunca ninguem ganhou as guerras todas, a ultima com o Libano já mostrou que daqui prá frente tudo vai ser mais dificil para Israel e os putos só atiram pedras aos tanques porque não tem RPG's mas um dia terão, será inevitável.
No dia em que Israel perder ao contrário do colonos portugueses não vão ter metropole para voltar...vai ser feio.

11:05 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Conm que então temos na nossa diplomacia anti-judeus convictos!?
Para registar....
E eu por mim que todos palestinianos se FODAM!

11:02 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Se Hitler tivesse escrito no Mein Kampf que a culpa era dos muçulmanos, o Victor Abreu dizia «pobre povo israelita».

Tanto terceiro-mundismo, foda-se!

2:19 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

O Jantar das Quartas é um bando de pardais com a doença anti-semita, na versão anti-israelita.
Un fascistas enganados no tempo.
A vossa raça acabou, felizmente, em 45.
Tenham cuidado que os jantares ainda lhes vão provocar diarreia e vómitos.

11:49 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Afinal quem são os palestinos ?

10:26 da tarde  
Anonymous moámédi said...

São os judeus do nazi-sionistas.

4:54 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home