sexta-feira, fevereiro 08, 2008

Pescadinha de rabo na boca

Como é que a classe política pode "combater" a corrupção, se é a classe política o grande foco dessa mesma corrupção?

20 Comentários:

Blogger expressodalinha said...

A uma maneira era despenalizar a corrupção e fazê-la pagar impostos, tal como se fez com o aborto e se devia fazer com a doga. O poder corrompe!

11:20 da manhã  
Blogger expressodalinha said...

Queria dizer a "única" maneira...
Já agora, mais a sério, acrescento que o problema é cultural e herdado dos romanos. Na Suécia, por exemplo, o acto de corrupção é impensável. Está perfeitamente inscrito na respectiva matriz cultural como algo de totalmente insocial e aberrante. Portanto, o problema não é da classe política, é de todos nós!

12:04 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Há censura sobre o blogue 'E Deus Criou a Mulher'.
Visite 'As Eternas Saudades do Futuro'.
Lá conta-se o que se passa.

12:14 da tarde  
Anonymous Patriota said...

Não existiu um único caso de corrupção no poder político que tivesse passado impune enquanto Salazar esteve no poder. Houve alguns casos que foram prontamente descobertos, e punidos de forma até demasiado branda (Salazar não era nenhum ditador).

Após o 25 de Abril os abrilistas reviraram tudo e procuraram até hoje, nunca encontraram nada que manchasse a excepcional obra de Salazar.

Engraçado como alguns ingénuos dizem que "o poder corrompe", que "o problema é de todos nós", e que é impossível chacinar os corruptos. É perfeitamente possível voltarmos a ser bem governados, e o primeiro passo para isso é dizimar os partidos políticos.

2:05 da tarde  
Anonymous salazarista said...

Muito bem, falou e disse! Viva Salazar, sempre!

2:34 da tarde  
Blogger expressodalinha said...

Fiquei com a certeza que estou no blogue errado. Não sabia que ainda era possível tal estreiteza de visão. Boa tarde e até sempre.

3:14 da tarde  
Anonymous Cartouche said...

Era o que mais faltava: que uns meninos que pensam que são salazaristas lá porque a vidinha não lhes corre como querem que eu me calasse e fosse embora. Não o conseguiram quando tiveram a faca e o queijo na mão, não será agora que o conseguirão. Foram é mal educados:não havia corruptos no tempo do assexuado? Então os Tenreiros, os Santos Costa, os Tomás do bacalhau? Juizinho que a gente ainda se chateia.

8:36 da tarde  
Anonymous athanor said...

O Estado Novo era um espelho de virtudes, comparado com a "demokracia" prostituída e corrupta, e o seu chulo rasca, a partidocracia azeiteira e adiposa. Urge uma purificação. Forte. Violenta. Radical.

9:16 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Devia haver era um partido de direita conservador e anti-politicamente correcto a sério.

10:32 da tarde  
Anonymous Patriota said...

Já agora, não sou Salazarista, mas também não sou ingénuo. Apenas conheço a História de Portugal, e por isso sei que é possível acabar com a corrupção e com os partidos políticos que vivem dela, devolvendo o poder ao povo português e defendendo apenas os interesses nacionais.

Podem estar descansados que Salazar já morreu. Respirem e tomem um calmante. Ele é apenas um exemplo de um momento na História em que se fez uma limpeza. A democracia deixou Portugal na bancarrota na I República, e neste momento chegámos ao mesmo ponto em que estávamos antes da Revolução de 28 de Maio de 1926. Agora vai-se fazer outra, muito mais dura que a do 28 de Maio, é completamente inevitável. Todos os militares sabem isto e até já o referem na televisão. O que é mais engraçado é que quem leva a democracia ao caos total são os próprios democratas, e não os anti-democratas.

10:57 da tarde  
Blogger Al Kantara said...

Caros salazaristas, anti-democratas e outros pataratas pseudo-patrióticos : Já sabemos que a democracia é um sistema horrível mas, mesmo assim, é o melhor que conseguimos arranjar : Tenham Vocências paciência que para sistemas impolutos (em que os grandes grupos económicos não pagavam nem 500 euros de renda para operarem em monopólio) já todos demos mais do que é decente pedir. Por isso, meus caros saudosistas, continuem a escrever em blogues e a prometer golpes militares que ninguém vos leva a mal...

2:22 da tarde  
Anonymous Al-Cabideche said...

Salazar tinha os grandes grupos económicos controlados. Agora, são eles que controlam os políticos e o sistema. És um lírico cego, Al-Kantara.

4:57 da tarde  
Blogger Al Kantara said...

Tinha, tinha. Controladíssimos, al-cabideche. A engordarem obscenamente à conta do atraso na industrialização e modernização de todo um país a braços com um líder que preconizava a virtude da agricultura como primeiro factor de desenvolvimento de Portugal do século XX. E eu é que sou lírico cego...

5:35 da tarde  
Anonymous empresário said...

Estes esquerdalhos são uns pândegos! O que tramou o desenvolvimento económico e industrial de Portugal, fulgurante no início da década de 70, foi o 25de Abril, as nacionalizações e as loucuras do PREC. Ainda hoje estamos a pagar essa época, infelizmente.

10:00 da tarde  
Anonymous Patriota said...

Um tipo fala em Salazar e os 3% da população que ainda acredita nos partidos aparece em desespero. Saudosistas só vejo aqui os ingénuos do 25 de Abril, que nem sabem que só com Salazar é que a Revolução Industrial chegou a Portugal. Não conhecem a História do seu próprio país.
A próxima Revolução será contra a Nova Ordem Mundial e o alto capital que controla Portugal desde o 25 de Abril. Acordem para a realidade e informem-se sobre o mundo em que vivem.

10:18 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Na generalidade estes comentários são uma escorrência de merda.
Fiquem bem a pastar nela

10:35 da tarde  
Blogger Al Kantara said...

Caro empresário, pois estes esquerdalhos são mesmo uns pêndegos. Agora quem fala do desenvolvimento económico de Portugal no princípio dos anos 70 não é menos. Sabe, é que eu nessa altura já tinha ido além de Badajoz e já tinha percebido que quarenta e tal anos de "democracia orgânica" nos tinha transformado numa anedota europeia só superada pelos nuestros hermanos tão sabiamente conduzidos pelo seu caudilho...

11:04 da tarde  
Blogger Al Kantara said...

Já agora, caro empresário, da ultima vez que me chamaram esquerdalho foi há poucos dias um anónimo comunista num comentário a um post meu sobre a ditadura cubana. Veja lá o que são as coisas...

11:16 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Al Kub(u)iça?

5:45 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Cá para mim este blog está queimado. Entretenham-se a saudozar.
By

6:38 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home