domingo, outubro 28, 2007

Dá de fuga

Sem comentários, alguns dos "versos" de um edificante teledisco de rap que anda a passar na SIC Radical: "Dá de fuga nigga/vem aí a rusga da PJ nigga/dá de fuga, baza/senão és preso, levado/deportado pra África, nigga/dá de fuga, baza, nigga".
Como é fixe a SIC radical, não é, nigga?

6 Comentários:

Anonymous Anónimo said...

Bom, mas nessa poesia encontramos as vantagens comunicativas do multiculturalismo, como fenómeno enriquecedor de culturas herméticas e esgotadas como a europeia.

Todavia, prefiro o incontornável:
- "baza, baza,
vai para casa, casa
fecha a pestana, tana
que isto aqui não é um filme, boy.

1:26 da tarde  
Anonymous zé lisboeta said...

Esse canal do tio Balsemão é uma das coisas mais deletérias da televisão que temos. Passam lixo desse a toda a hora.

2:57 da tarde  
Anonymous Patriota said...

Era bom era, que todos os traficantes "niggers" (ou brancos) fossem presos e deportados! Mas as tímidas rusgas da PJ acabam com os magistrados a pedirem imensas desculpas a estes "excluídos", e a enviá-los de novo para os seus bairros sociais pagos pelo bolso dos contribuintes.

Engraçado que se fosse eu a falar de "niggers" e de traficantes pretos chamavam-me logo racista.

5:39 da tarde  
Anonymous General Dread iooo said...

É isso mesmo anónimo das 1:26, estes dreads não apreciam a voz da revolução do guetto iooo.O colorido que os dreads e dos bros trazem a este país careta. dread ioo. tá-ss dass ioo dread.

8:10 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Só os pretos podem chamar *pretos* aos pretos. Não é a palavra, é *quem* a diz. Estranhos tempos em que vivemos...

9:36 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Que estupidez... não é música não é nada... Santa estupidez. Agora o que está "in" é andar aí pelas ruas a espalhar esta linguagem de cão. Mesmo que seja branco, chamam-se "niggas" uns aos outros. Enfim...

4:08 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home