quinta-feira, julho 24, 2008

A Lisboa dos vândalos


Estátua de Antero de Quental, no Jardim da Estrela, alvo de uma acção de "arte urbana".

4 Comentários:

Blogger Demokrata said...

Não há-de tardar muito que o governo, em prole da kultura, comece a atribuir verbas aos ditos artistas.

3:15 da manhã  
Blogger José Carlos said...

Meu caro:
Passo lá todos os dias e todos os dias me defronto com esta coisa...
REecordo, com amargura, uma professora de evt de uma escola pública de lisboa (2/3 CEB) que, apoiada pela Junta de Freguesia, deu aos alunos aulas de grafitti. No opúsculo que fez dizia esta pequena maravilha: "a arte urbana é uma acção valorizadora das cidades. Ainda não é legal, mas vai s^-lo, tenho a certeza..."
Aliás essa escola é próxima do J. Estrela.
Com professores assim o que é que se espera...
Um abraço

1:26 da tarde  
Anonymous zé lisboeta said...

Está explicado: os "meninos" foram fazer o trabalho de casa ao Jardim da Estrela!

1:28 da tarde  
Anonymous Atrida said...

A Câmara de Oeiras patrocinou já pelo menos uma vez um evento de grafittis.

3:24 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home